Produtividade do trabalho: o motor do crescimento econômico de longo prazo

Fernando Veloso, Silvia Matos e Paulo Peruchetti

O IBRE elegeu a produtividade como uma das preocupações centrais de sua missão institucional de contribuir para o debate sobre o desenvolvimento econômico do país. Diante da relevância do tema, o IBRE lançou recentemente o site Observatório da Produtividade, que reúne ampla base de dados sobre produtividade da economia brasileira, além de estudos e análises, a fim de fornecer informações para uma maior compreensão do tema e contribuir para a formulação de políticas públicas que possam aumentar a produtividade e impulsionar o crescimento econômico.

Uma das motivações para o aprofundamento de estudos relacionados ao tema é a perda de dinamismo da economia brasileira ao longo dos últimos anos, intensificada pela forte recessão pela qual o país passou entre o segundo trimestre de 2014 e o quarto trimestre de 2016, uma das mais longas e profundas da história. Além disso, a recuperação da economia tem sido muito lenta. Após crescer 1,3% em 2017 e 2018, o PIB deverá manter este ritmo de expansão em 2019.

Como revelam os indicadores do IBRE de produtividade trimestral, disponíveis no Observatório da Produtividade, a lenta recuperação do crescimento desde o fim da recessão pode estar associada ao desempenho negativo da produtividade do trabalho, que ficou estagnada em 2018 e teve queda nos três primeiros trimestres de 2019.

Clique aqui para baixar o arquivo completo

Subir