O Brasil em comparações internacionais de produtividade: uma análise setorial

Fernando Veloso, Silvia Matos, Pedro Cavalcanti Ferreira e Bernardo Coelho

Como mostra a análise comparativa feita neste volume, a produtividade do trabalho brasileira é baixa em comparação com os países desenvolvidos e mesmo em relação a alguns países da América Latina, como o Chile. Além disso, após um período de convergência para a produtividade dos Estados Unidos no pós-guerra, a produtividade brasileira cresceu pouco desde 1980, o que reverteu a trajetória de convergência para a fronteira tecnológica.

Clique aqui para baixar o artigo completo

Subir